Resenha: O Segredo Do Meu Marido

15:51


Antes de qualquer coisa, gostaria de contar uma novidade: o blog Nostalgia Cinza agora é um dos parceiros da editora Intrínseca. Os livros da Intrínseca ocupam minha estante há anos, então imaginem a minha felicidade ao descobrir que agora posso ler os lançamentos dos livros que mais aguardava e compartilhar tudo em primeira mão!
 Foi uma surpresa ver o envelope da Intrínseca que havia acabado de chegar pelo correio. Foi uma surpresa maior ainda quando abri e vi que tinha acabado de receber um livro que estava louca pra ler e que sempre me encarava na lista de “desejados” do Skoob.
O livro “O segredo do meu marido” me conquistou assim que li sua sinopse. Costumo optar pelos romances do gênero New Adult e esse livro pareceu ser uma ótima maneira de sair da rotina. Não deu outra: adorei.

"Ela virou o envelope. Estava lacrado com um pedaço de fita adesiva amarelada. Quando a carta tinha sido escrita? Parecia velha, como se tivesse sido anos antes, mas não havia como saber ao certo. Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta que deve ser aberta apenas quando ele morrer. Imagine também que essa carta revela seu pior e mais profundo segredo - algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você encontra essa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo... Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar da pequena comunidade em que vive, uma esposa e mãe dedicada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia - ou uma à outra -, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela. Um romance emocionante, O Segredo do Meu Marido é um livro que nos convida a refletir até onde conhecemos nossos companheiros - e, em última instância, a nós mesmos."

Por mais que você procure evitar, você sempre começa uma leitura com alguma ideia fixa na cabeça de como a história provavelmente vai se desenvolver, de como serão os personagens, do que você espera, etc. Comecei a ler “O segredo do meu marido” pensando que, apesar de se afastar um pouco dos meus romances habituais, seria uma história banal e não muito surpreendente. Não poderia estar mais enganada.
A história começa nos apresentando Cecilia e seus dramas familiares. A princípio fiquei um pouco aturdida com a quantidade de informações aparentemente irrelevantes que a autora joga na narrativa. Ela descreve quase que de maneira exata como funciona nossa cabeça naqueles momentos em que nem estamos muito preocupados em pensar. Parece que tudo faz parte de seu plano de mostrar que as personagens do livro são de fato banais. Mães de família, esposas dedicadas, mulheres comuns vivendo vidas monótonas e "sem sal".  
No segundo capítulo conhecemos Tess e no seguinte, Rachel. É um pouco confuso no começo e é quase impossível ligar uma mulher a outra, mas ao longo da narrativa pequenos detalhes vão se conectando e vamos percebendo o que a autora quis com tudo aquilo.
Cecilia sempre deu tudo de si para suas três filhas e seu marido. É uma mulher dedicada ao seu trabalho e ganha muito bem com isso, é ativa nas questões de sua comunidade, apaixonada por seu marido e tenta ao máximo ser uma mãe exemplar. Tess nunca pensou que havia nada errado em seu casamento e jurava que era super feliz com seu marido e sua prima/melhor amiga. Rachel ama seu neto com todo seu coração e não consegue imaginar como será sua vida agora que ele vai mudar com os pais para Nova York. De repente Cecilia encontra uma carta escrita por seu marido que só deveria ser lida quando ele morresse, Tess descobre que seu marido e sua prima estão apaixonados e Rachel não consegue seguir em frente mesmo após vinte e oito anos do assassinato de sua filha. A história inteira muda quando Cecilia abre a carta escrita por seu marido.
O livro “O segredo do meu marido” foi como uma árvore. No topo havia várias informações sendo apresentadas pra mim: muitos nomes, personagens, histórias e eventos cotidianos que não faziam muito sentido. Ao longo da narrativa elas foram se juntando até enraizar de vez uma história fantástica. Um livro que tinha tudo para ser aquele clichê de sempre se tornou uma surpresa pra lá de agradável.
O livro de Liane Moriarty te coloca na pele das três personagens principais e te faz pensar: O que você faria se descobrisse o que Cecilia descobre? Como você agiria se estivesse no lugar de Tess? Você faria o que Rachel fez a respeito do suposto assassino de sua filha? Fiquei com essas perguntas indo e voltando em minha mente durante toda a leitura.
O desfecho foi bem inesperado e as informações finais também. Simplesmente sensacional. Um livro bom, que te tira da sua zona de conforto sem nenhum arrependimento e te faz adorar cada segundo.
“O segredo do meu marido” é uma leitura rápida, fácil e muito prazerosa. Mudou alguns conceitos pré-estabelecidos e definitivamente é uma leitura que eu recomendo sem pensar duas vezes.
O segredo do meu marido foi escrito por Liane Moriarty e publicado no Brasil pela editora Intrínseca.

Classificação: 4/5 estrelas.

“Pobre, pobre Pandora. Zeus a envia para se casar com Epitemeu, um homem não muito inteligente que ela nunca viu, e que tem um misterioso jarro tampado. Ninguém diz a Pandora uma palavra sobre o jarro. Ninguém diz a ela para não abri-lo. Naturalmente, ela o abre. O que mais poderia fazer? Como ela deveria saber que todos aqueles males terríveis se derramariam para atormentar a humanidade até o fim dos tempos, e a única coisa que restaria no jarro seria a esperança? Por que não havia um selo de advertência?
Então todo mundo fica dizendo: Ah, Pandora, onde está sua força de vontade? Disseram-lhe para não abrir a caixa, sua bisbilhoteira, sua mulher típica, com uma curiosidade insaciável; agora veja só o que você fez. Quando, para começar, era um jarro, não uma caixa e, elem disso – quantas vezes ela teria que repetir? –,  ninguém disse uma palavra sobre não abri-lo!”


Gostaria de deixar aqui meu agradecimento para a Intrínseca pela oportunidade e pelo kit maravilhoso que recebi com o livro, guardo tudo com muito carinho.



OBS: Está rolando um sorteio da Intrínseca que vai te levar até a Bienal de SP para um encontro de leitores com passagens e hospedagens pagas (com direito a um acompanhante)! Não deixe de conferir o concurso aqui e não deixem de me contar se estão participando.


Gostou da resenha? Já leu o livro ou ficou com vontade de ler? Não deixe de comentar!


You Might Also Like

19 comentários

  1. Fiquei com muita vontade de ler. Adorei seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei pasma com as informacoes finais. surpreendente

    ResponderExcluir
  3. Já li e adorei. Porém não achei a leitura tão fácil, tinha horas em q eu precisava voltar uns capítulos pra conseguir conectar a história. Mas é sensacional, o livro realmente nos faz pensar, e refletir de verdade sobre questões que nem sempre são fáceis e agradáveis. Eu ameeei

    ResponderExcluir
  4. Achei seu blog por acaso na internet e amei o mesmo, bela resenha. Está de parabéns.

    ResponderExcluir
  5. É a minha leitura atual, e estou amando,realmente no começo é dificil conciliar tantos personagens e histórias, mas elas já estão começando a se ligar e eu estou ansiosa para saber o que diz na carta.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Comecei a ler hj, e ainda n consegui me prender nele, ta meio chatinho esse início :/ tomara que me prenda logo.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom sua resenha, mas fiquei pensando aqui, será que o segredo do marido não seja estar com ejaculação precoce? Rsssss.. Porque se for o site www.drdesempenho.com é um lugar excelente para encontrar a solução

    ResponderExcluir
  10. Fiquei curiosa,o título não tinha chamado tanto minha atenção, mas pela resenha parece interessante,to pensando em pegar O Segredo do Meu Marido pra ler.
    Da Liane Moriarty só conheço o seriado inspirado em outro livro, o Big Little Lies.

    ResponderExcluir
  11. Comprei o livro ontem e terminei hoje! Leitura fácil e envolvente. Só não consegui relacionar o impacto da carta com Tess (uma das três protagonistas), mas tirando isso o enredo foi todo muito interessante!!!
    Para quem curte discutir os "e se..." da vida, recomendaria como pré-leitura a fim de agregar ao assunto.

    ResponderExcluir
  12. Ja terminei de ler, quero uma continuação 😥😥

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter