3 livros para quem gosta de crônicas

15:01


            Sempre gostei de indicar livros para amigos e desconhecidos, me divirto compartilhando histórias que me marcaram de alguma forma e sempre espero que alguém descubra um livro incrível só porque indiquei. Adoro escrever resenhas detalhadas, mas pensei em escrever alguns posts mais curtinhos para indicar livros do mesmo gênero que já li e adorei.
Livros de crônicas são alguns dos que estou sempre me apaixonando e me inspirando, então decidi compartilhar três dos meus favoritos. Confira:

TRINTA E POUCOS – (Antônio Prata)
Antônio Prata é meu cronista favorito. Desde suas crônicas mensais na Capricho até sua coluna quinzenal na Folha de São Paulo(http://www1.folha.uol.com.br/colunas/antonioprata/), Antônio Prata me conquistou com sua escrita leve, engraçada e honesta. O escritor consegue tirar de momentos insignificantes um texto emocionante e divertido.
Nessa coletânea lançada em 2016, Antônio Prata selecionou algumas das suas crônicas favoritas da sua coluna na Folha e fala sobre diversos temas. É um livro perfeito para quem gosta de leituras divertidas sobre o cotidiano com um toque de humor, ironia e reflexão.
Uma das minhas crônicas favorita do livro: 7x1.

O BLOG DA CLARA (Clara Mello)
Pequenas grandezas do dia a dia é o subtítulo do livro de Clara Mello e não poderia ser mais verídico. Me encantei pelo livro O Blog da Clara(http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/2015/06/resenha-blog-da-clara.html) assim que folheei as primeiras páginas e tenho ele como um dos favoritos da minha estante.
O livro é, na verdade, uma coletânea de textos que a autora postava em seu blog. Além de crônicas, o livro engloba cartas, contos e poemas. É um livro para quem procura textos delicados e tocantes que fazem suspirar a cada página.
Uma das minhas crônicas favorita do livro: A mulher mais linda do mundo.

A GRAÇA DA COISA (Martha Medeiros)
A graça da coisa foi um primeiro livro de crônicas que li e Martha Medeiros(http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/2014/03/resenha-graca-da-coisa.html) foi uma das responsáveis por me tornar uma amante dessa forma textual. Nas páginas desse livro, Martha também faz jus ao título. Ela consegue transformar o barulho da obra na rua e a falha na tentativa de fazer uma baliza em textos reflexivos e honestos. É um talento de poucos.
É uma coletânea com mais de 80 crônicas da autora a respeito da vida e de suas reflexões diárias inspiradoras e honestas. É um ótimo livro para quem quer descobrir a paixão por crônicas e textos curtinhos.
Uma das minhas crônicas favorita do livro: De onde surgem os amores.


E aí? Gostou desse tipo de post e quer ver mais dicas curtinhas? Ou você tem algum livro de crônicas que guarda com todo carinho? Então sugira aqui nos comentários, vou adorar conhecer uma coletânea nova e maravilhosa <3

You Might Also Like

3 comentários

  1. Não leio muitas crônicas, mas a primeira: Trinta e poucos do Antônio Prata me interessou.
    madrugadaestrelada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Laura
    Eu te indico 1: Da boca pra dentro. Incrível.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. As crônicas de Luis Fernando Veríssimo também são excelentes!

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter